quarta-feira, 11 de junho de 2014

Deus Odim - O Deus supremo de Asgard


Deus  Odin, o deus supremo de Asgard.

 Vamos ver as características principais pelo qual o deus é cultuado, as lendas a respeito, e as criaturas que o acompanham.

 
O DEUS
Odin, ou Ódin (em nórdico antigo: Óðinn) também chamado de Votan,  é considerado o principal deus da mitologia nórdica. Como muitos deuses desta mitologia, Odin, acumula inúmeras funções, tais como: o deus da sabedoria, da guerra e da morte, embora também, em menor escala, da magia, da poesia, da profecia, da vitória e da caça.

Odin morava no palácio de Valaskjálf, que ele construiu para si, localizado em Asgard a terra dos deuses. sentado em seu trono Hliðskjálf, de onde podia observar o que acontecia em todos os 9 mundos. Durante as lutas utiliza sua lança chamada Gungnir e montava seu cavalo de 8 patas chamado, Sleipnir. 

Era filho de Borr e da Jotun ("gigante")  Bestla, irmão de Vili e Ve, esposo de Frigg e pai de muitos dos deuses. Tais como Thor, Baldr, Vidar e Váli.

Como deus da guerra, uma das principais funções de Odin, era enviar as Valquírias ( doze virgens aladas com plumas de cisne), para recolher os corpos dos guerreiros, e envia-los para o Valhala, onde participariam de banquetes e lutas constantes (uma especie de paraiso para os nórdicos). 

Odin possuía dois corvos, eram eles: Hugin (Espírito e Razão), e Munin (Memória e Entendimento) que se posicionavam em seus ombros depois de percorrer o mundo durante o dia na busca de novidades para o Grande Deus. E também dois lobos que ficavam de guarda a seus pés e que se alimentavam de toda carne, inclusive humana, que era ofertada aos Deuses.

AS LENDAS SOBRE
Muitas lendas cercam o deus nórdico, dentre elas que, Odin desejava ser conhecedor dos mistérios mágicos, para tanto realizou um ritual de sacrifício, se pendurando na árvore do mundo, Yggdrasil, de cabeça para baixo, ferido por sua própria lança, durante nove dias e 9 noites, com fome e sede. No fim avistou no chão runas mágicas e as recolheu para si. 

Ainda não satisfeito, pediu permissão para o Gigante Mimir, para beber água na "Fonte do Conhecimento" e para tanto pagou o preço de ficar sem um de seus olhos. 

Odin, conduzirá os deuses a grande batalha final, do fim do mundo nórdico o Ragnarock, onde segundo a lenda, será morto pelo lobo Fenrir. do qual falaremos mais adiante. 




BIBLIOGRAFIA: 
Postar um comentário